Thread: Mutara
View Single Post
Old 17-07-2008, 19:58   #2
Nebulosa
Moderator
 
Nebulosa's Avatar
 
Join Date: Oct 2004
Location: Rio Grande do Sul
Posts: 1,332
Send a message via ICQ to Nebulosa Send a message via MSN to Nebulosa Send a message via Skype™ to Nebulosa
Default

Em resumo, inicialmente eles eram apenas híbridos de uma Loba Canadense chamada Lupina com um belíssimo Vira-latas chamado Armín, apresentado como antiga linhagem tcheca de Pastor Alemão, mas que devido a atipicidade e falta de identificação, se comprovou ser um belíssimo mestiço de Pastor Alemão provavelmente com Malamute do Alaska.
Armín e Lupina cruzaram gerando uma ninhada de híbridos F1 quais foram registrados pelo clube Clube Tcheco do Cão Lobo Checoslovaco, nasceram 3 filhotes, Ave Lupo Mutara, Audrey Lupo Mutara e Ares Lupo Mutara, sendo então Ave Lupo Mutara apresentada na exposição especializada da raça na rep Tcheca, qual ganhou CAC mesmo sendo um cão completamente atípico causando uma grande indignação, assim como deixando diversas dúvidas.

De acordo com o clube, a raça estava apresentando diversos casos de displasia coxofemoral, assim como problemas com a consangüinidade, e por isso era necessário criar uma nova linha de cães, hibridizando cão com lobo novamente para baixar o grau de displasia dos cães e refrescar o sangue na raça.
Seria simples se tivesse nexo na existência dos cães quais eles afirmavam ser tal nova linha de sangue, o primeiro erro marcante é que o hibrido veio do cruzamento entre um lobo CANADENSE, sendo que o lobo qual originou a raça foi o lobo dos CÁRPATOS, depois, que os F1 vindos do cruzamento entre Lupina e Armín não geraram filhotes isentos de displasía, ao contrário um dos filhotes é C, logo, displásico, algo que é inaceitável para um hibrido quando se fala em introdução de nova linha para diminuir a displasia na raça.

Os criadores rápidamente chegaram a um consenso, tais animais JAMAIS deveriam ser usados na raça, pois apenas colocarão a raça a perder, perder em saúde, em temperamento e também em morfologia, visto que tais híbridos eram completamente atípicos, não tendo um mínimo sequer de semelhança com um Cão Lobo Tchecoslovaco, quem apoiou a introdução de tais mestiços foi expulso do clube Tcheco, uma nova direção foi formada assim como um novo comitê de seleção, até onde sei, mas o clube já não vem mais em questão aqui.

Por um tempo pareceu que a paz reinaria novamente na raça, e que o problema havia sido resolvido... ledo engano.

Aqueles que apoiaram Mutara e foram expulsos do clube foram recebidos de braços abertos pelo Clube Italiano do Cão Lobo Checoslovaco, Fabio Castelli, dono do Canil Passo del Lupo e, pelo o que deu a entender, muy bem relacionado com Fausto Mattioli, presidente do Kennel Clube Italiano, com sua politicagem conseguiu miraculosamente fazer um Certificado de Pureza Racial para, provavelmente Ave Lupo Mutara, renomeando-a como Alaska, Alaska então foi acasalada com Lyon Passo del Lupo, cão que de tão bom temperamento foi mandado para eutanásia após atacar o próprio dono uma porção de vezes, nascendo assim uma das ninhadas S Passo Del Lupo, bem representada em tipicidade por Sangria Passo del Lupo.

O que não se sabe é se Alaska é realmente Ave Lupo Mutara, ou se é alguma filha de Ave Lupo Mutara com um Cão Lobo Checoslovaco.

O assunto voltou a tona agora nos fóruns Polonês e Inglês por porque na recente exposição de Brno Sangria ganhou de vários cães extremamente típicos, sendo CACIB e CAC.




Podemos chegar aí duas tristes conclusões.

1- Os juízes, mesmo no país de origem desconhecem o padrão da raça, ao ponto de dar titulos importantes para um cão completamente atípico qual destoa de todos os outros cães da exposição.

2- Os juízes estavam comprados ou por dinheiro ou pela politicagem, e então deramo título ao cão atípico nitidamente mestiço, colocando de lado sua credibilidade e honestidade como juíz.

O interessante é que os Mutaras começaram pelo clube Tcheco, sem ser dado a chance do clube Eslovaco se posicionar a favor ou contra tais mestiços, lembrando que a raça é dos dois países.
pelo o que sei a FCI foi informada sobre isso, na tentativa de que os mesmos cancelem os pedigrees dos mestiços, mas até agora absolutamente NADA concreto foi feito, apenas papo de "vamos fazer", oque, ao meu ver mostra uma certa incompetência já que é algo bem sério.
__________________
http://www.wolfdog.org/forum/signaturepics/sigpic1100_1.gif
Nebulosa jest offline   Reply With Quote